terça-feira, 15 de abril de 2014

LAMBRETTA NO THE VOICE PORTUGAL

Para alegrar a semana, a música "Lambreta" de António Zambujo.



Vem dar uma voltinha na minha Lambretta
Deixa de pensar no tal Vilela
Que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem
Tem de ter algum defeito

Vem dar uma voltinha na minha Lambretta
Vê só como é bonita
É vaidosa, a rodinha mais vistosa
Deixa um rasto de cometa
É baixinha mas depois
Parece feita para dois
Sem falarmos eteceteras
Fazem de nós heróis

Eu sei que tenho estilo gingão
Volta e meia vai ao chão
Quando faz de cavalinho
Mas depois passa-lhe a dor,
Endireita o guiador
E regressa de beicinho
Para o pé do seu amor

Vem dar uma voltinha na minha Lambretta
Eu juro que eu guio devagarinho
Tu só tens de estar juntinho
Por razões de segurança
E se a estrada nos levar
Noite fora até mar
Paro na beira da estrada
Com a luzinha a alumiar

E deixar de pensar no tal Vilela
Que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito...

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

LAMBRETTA D'ÉPOCA NA SITE DO AUTO ESPORTE


Quem curte as Lambrettas, certamente já ouviu falar do Osmani Souza, da Lambretta D'Época. Aqui neste link, uma matéria, escrita pela Tereza Cosiglio e fotos de Marcos Camargo, sobre oficinas exclusivas para os antigos. Vele a pena a visita: O glamour do óleo e da graxa: conheça o trabalho das oficinas especializadas.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

VI SÃO ANIVESPAULO - 2014

E pelo 6º ano consecutivo, a Scooteria Paulista presta uma homenagem à cidade de São Paulo, que completa 460 anos de fundação. Dessa vez, um roteiro “político”: 50 anos do Golpe Militar de 1964. É importante que fique claro que não é para “comemorar” a idade do golpe, mas sim lembrar a data que nos atirou num período de perseguições e torturas. 




CONCENTRAÇÃO: 9h na Praça Santíssimo Sacramento (Rua Tutóia, 1060)

SAÍDA: 9h30 sentido Av.Brigadeiro Luis Antônio.
ROTEIRO: DOI-Codi / Oban / Auditoria Militar / Diretas Já / DOPS / Memorial da Resistência / Presídio Tiradentes. 
CHEGADA / ALMOÇO / FESTA: Pizzaria ZINI - Rua Francisco Rodrigues Nunes, 225
SHOWGASOLINES (surf music instrumental)

Massas em geral a preços acessíveis, a 200 metros da Marginal Tietê, pertinho da Ponte do Limão. Venda de camisetas do evento, capacetes da Coot pela metade do preço, e outros itens mais. Esse cartaz será distribuído gratuitamente a todos os participantes do evento. Trata-se do encontro mais importante do calendário da Scooteria Paulista, pois fora, outrora, definidor de um novo espírito de classe. Portanto, não fique de fora. Deixamos aqui o nosso agradecimento ao lambrettista Flavio Gomes, quem nos atentou à importância do tema. Até lá!! Faça chuva ou faça sol, o evento vai acontecer!!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

MANUAL LAMBRETTA LI - 1969



Demorou, eu sei, mas desde o início do Lambretta Brasil, lá e outubro de 2008, a pergunta que eu mais recebo nos comentários é: "Você tem o manual da Lambretta LI?". Sim, eu tenho, mas não digitalizado. Eis que agora, como presentão de Natal consegui preparar o material e disponibilizar para toda a comunidade Lambretteira. Se você quiser o manual, é só deixar o seu e-mail nos comentários! Lembrando que esse manual é de 1969.

Apenas 2 detalhes: faltam as páginas 65/66, que era retirada no ato da entrega, e as páginas 69/70, que eram as revisões. Se alguém tiver um manual com estas páginas, pode mandar para mim! Assim poderei completar o manual, tal como ele era originalmente! Alguém ai pode ajudar?

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

RÉPLICA DA LAMBRETTA DE QUADROPHENIA É VENDIDA POR US$209,000


Quadrophenia, clássico filme de 1979, ainda inspira os apaixonados pelas Lambrettas e cultura Mod, ganhou mais um capítulo em sua história. Pouca gente ficou sabendo, mas no final de novembro, uma réplica da Lambretta utilizada no filme foi a leilão pela Sotheby's. A expectativa de arremate estava entre US$30,000 e US$50,000. Mas, para a surpresa de todos, a venda chegou a US$209,000 (sim, duzentos e nove mil dólares!). Quem ainda assim duvidar, veja aqui o resultado do leilão.

A réplica foi feita por David John Wyburn, um construtor do Sudoeste da Inglaterra, que tem tem sido aclamado por suas notáveis ​​réplicas de scooters, ganhando o título de "O Oráculo de Quadrophenia". David considera essa Lambretta está entre seus melhores trabalhos.

De quebra, o comprador levou para casa também 4 cartazes originais, sendo que 2 deles estão assinados pelo ator principal do Quadrophenia, Phil Daniels, que interpretou Jimmy.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

VESPA SEGWAY? FAZ UMA LAMBRETTA TAMBÉM!


O Segway todo mundo já conhece. Já tive a oportunidade de andar em um, e posso garantir que é bem divertido.

Mas dessa vez, o escritório espanhol Bel&Bel, transformou o pacato Segway em algo realmente interessante: uma Vespa Segway.

A Vespa Segway é fabricada à mão, demora 15 dias para ficar pronta e utilizando peças originais: guidão, farol, pára-lamas e até espelhos retrovisores. Pode transportar uma carga de até 180kg e subir inclinações de até 30 graus. Vem com motor elétrico de 1,34 cv, e com uma carga completa, anda entre 30-35 km, com uma velocidade máxima de 20km/h.

Se interessou, a venda é online: MaxiHobby, e custa € 2.899. Rola uma de Lambretta?



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

IV RADUNO DA PRIMAVERA - 2013

Vai rolar neste domingo, 1 de dezembro de 2013, o IV Raduno da Primavera, passando por São Paulo, Santos e terminando no Guarujá.

Segue a programação: concentração: 8h no Posto Frango Assado do começo da Rodovia dos Imigrantes (logo que acaba a Av.Ricardo Jaffet). Destino: Santos e Guarujá. 

Preparem suas motonetas, atualizem documentos, confiram parafusos e pneus pois Não teremos carro de apoio. Até lá!!

Como sempre, o evento é fechado para as motonetas clássicasm de motores 2 tempos, mas este ano as Star 4 da LML estão liberadas (Devido ao modelo ser retrô, igual as vespas 2 Tempos).

Pessaol da baixada, o ponto de encontro é as 11h na entrada da balsa (do lado de Santos.

A arte do cartaz é do Leonardo Russo.

Infos com com Fidelis (11 95497-8344) ou Gustavo (13 99124-3929).

terça-feira, 15 de outubro de 2013

REVISTA CYCLE WORLD BRASIL - #2

Voltamos... Uma nova publicação está agitando as bancas do Brasil. É a revista Cycle World Brasil. Vi o 1º número e curti. Já no 2º número, uma bela matéria sobre uma Lambretta 150 LD verdinha com side-car. Show!


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

V SÃO ANIVESPAULO - 2013


Dia 25 de janeiro, a cidade de São Paulo fará 459 anos de sua fundação. Nesse dia contecerá o V SÃO ANIVESPAULO – Uma Aventura Nas Alturas de São Paulo.

Anote aí: 25 de janeiro de 2013, das 9h às 14h Saída: Pátio do Colégio, Centro Velho. Previsão do retorno para cidade às 13h, quando o evento oficialmente finaliza.
Destino: Pico do Jaraguá, Zona Norte

Evento fechado aos proprietários dos modelos clássicos: Vespa, Lambretta, Iso, Cezeta, Star 4 e Bajaj

Informações sobre o evento com Fidelis no (11) 95497-8344 ou aqui

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

CALENDÁRIO LAMBRETTA - 1968

Para começar bem o ano de 2013, mais um dos clássicos calendários da Lambretta. Agora o ano de 1968. Aqui, você pode rever o de 1967.






 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

LAMBRETTA NA GELATERIA BACIO DI LATTE


Bacio di Latte: um lugar que vale a pena ser visitado por 2 motivos: 


1. O gelato é sensacional. Pode escolher qualquer sabor de olhos fechados. 

2. Uma miniatura de Lambretta decorando o local. 

De gastronomia quem manda lá em casa é a Carol Vasconcellos. Jornalista especializada em gastronomia, já foi jurada por 2 vezes do Prêmio Comer e Beber da Vejinha SP, além de colaborar para as revistas Wish Report, Wish Casa, Vogue, Harper's Bazaar, entre outras... Abaixo reproduzo o texto dela sobre a gelateria: 


"Sorvete - Bacio di Latte: A cremosidade, o sabor e a cor desses sorvetes são inacreditáveis. Não se encontra uma minúscula pedrinha de gelo para contar a história. É gelato feito do jeito italiano, com frutas de verdade, leite de verdade... O de pera, por exemplo, te faz pensar que está comendo a própria fruta. O "bacio di latte" vai bem com quase todos os outros sabores, mas prove com frutas, fica ótimo. Atendimento e ambiente também são excelentes — repare nos galões de leite transformados em banquinhos. Uma graça! Levou a placa pelo segundo ano consecutivo."


Se deu água na boca, vai lá na Bacio di Latte. E quem quiser mais dicas sobre o mundo gastronomico, passa lá no blog dela: Menu Executivo.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

AONDE ESTÃO AS NOSSAS ISO? UMA REFLEXÃO SOBRE AS MOTONETAS CLÁSSICAS NO BRASIL – POR LEO DUEÑAS


Texto e foto: Leo Dueñas, do blog Motonetas e Afins

Pensar em motoneta clássica no Brasil é um exercício de remeter-se a memória, pois é possível ficar dias sem ver sequer uma passar rodando, mesmo em grandes centros como Rio e São Paulo. Em termos de raridade de vê-las funcionando ou mesmo apresentadas em eventos de veículos antigos, a analogia que faço é a de como descer a escada de um porão escuro, que entre mofo e teias de aranha oculta o conhecimento sobre modelos nacionais e importados que um dia foram comercializados aqui. Passando ao largo dos triciclos, que pelo intenso uso comercial exauriram-se em literalmente retornar ao pó, uma história a parte. 

Ao abrir a porta e adentrar o úmido subsolo, a figurinha fácil é a Vespa PX200. Também, há pouco mais de vinte anos aproximadamente 180 mil foram fabricadas pela Motovespa em Manaus; é razoável que se vejam muitas em boas condições emplacadas por aí. Embora em menor número, porém no mesmo nível pela juventude, colocaria as indianas Vespa PX150 Originale e Bajaj Classic 150, ambas importadas no final da década de 1990. Esse grupo, com algumas limitações aceitáveis, encaram o trânsito de hoje, pois são menos manhosas no dia a dia e já saíram de fábrica com o abençoado CDI. 

Descendo-se um degrau em raridade chegamos a vasta turma do platinado. Sua rainha é a Lambretta Li, bastante popular em nosso país na década de 1960 e um clássico entre as restaurações profissionais e caseiras. Não é vista mais nas ruas mas é presença fácil nos encontros de autos veteranos. Suas parentes Innocenti nacionais (Standard, Ld e Cynthia) eu colocaria talvez em um degralzinho a mais em direção ao breu, juntamente com as Vespas M3, M4 e 150 Super. Um bolo danado que abrange quase tantos fabricantes como modelos: Lambretta do Brasil, Pasco, Brumana-Pugliesi, Panauto e Barra Forte. Até este patamar resume-se tudo o que alguém vê em duas rodinhas de 8" ou 10" queimando gasolina com óleo 2T neste nosso pedaço de chão. 

O que vem a seguir é a escuridão total das albinas "moscas brancas", onde tropeçamos e caímos direto no fundo lamacento do cavernoso porão. Lá estão os fantasmas que perturbam nossa razão e assombram nosso sono, a começar pelas Vespas Rally 200 e suas contemporâneas cinquentinhas Vespas small frame. Se você em algum momento viu uma dessas duas de perto no Brasil já pode gabar-se entre seus pares de scooter clube. No entanto há coisa talvez rara não apenas em número mas ainda mais difícil de se ver rodando, pois pelo próprio apelo exótico ficaram trancafiadas como objetos estáticos de coleção, dentre elas destaco as Vespas faro basso do início dos anos '50, as Fuji Rabbit, Cezeta, e a sensacional [até onde sei] belgobrasileira Saci. Há outros modelos em particular que não citei propositadamente ou por ignorância, mas isso é categoria peça única e uma andorinha só não faz verão.  

Por final levanto a pergunta: e as ISO?! Não foram muito populares mas também bem menos raras que as moscas brancas, por que não se vê exemplares atualmente? Já frequentei uma boa quantidade de eventos e nunca vi uma restauradinha na minha frente, só imagens de galpões sujos na internet e recentemente ao vivo o modelo da imagem do post, do acervo do Osmani (Lambretta D'Época), que torço seja restaurada o quanto antes. Faço o apelo então para que os proprietários das ISO brasileiras empurrem com gosto suas motonetas escada acima, tragam luz a suas belas linhas e destranquem seus motores, pois elas merecem fumacear um pouquinho mais e divulgar a sua existência. Oficina brasileira de motoneta na década de 1960 que se prezasse atendia Lambretta, Vespa e ISO. Que isso possa ecoar nos nossos dias.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

NEYMAR DE LAMBRETTA – SANTOS X ATLÉTICO/MG



Seguindo os passos de Leandro Damião e Falcão, Neymar mandou uma Lambretta no jogo do Santos x Atlético/MG, no dia 17/10/2012.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

LACINHOS COR-DE-ROSA (1959), CELLY CAMPELLO

Para alegar o feriado, Celly Campello. "Ele usa lambretta tão veloz..."



Tenho um amor puro e Verdadeiro, é playboy é bom companheiro 
Brotinho enxuto um amor, mais não liga que Horror! 

[REFRÃO] 

Um sapatinho eu Vou, com laço cor de Rosa enfeitar.. e perto dele eu vou, Andar devagarinho e o broto Conquistar! 

Ele usa lambreta tão veloz, quando passa na corrida perco a voz e fico desejando..ó meu Deus, e ele caia bem nos Braços meus 


Um sapatinho eu Vou, com laço cor de Rosa, Enfeitar... e perto dele eu vou, Andar devagarinho e o broto Conquistar!! 


Quando ele dança Rock, é uma sensação..Faz rápido dançar o meu Coração, seu beijo deve ter a Delícia do Amor... Mas ele não me beija que horror!


[REFRÃO] 

Um sapatinho eu Vou, com laço cor de Rosa, Enfeitar.. e perto dele eu vou, Andar devagarinho e o Broto Conquistar! 

Um dia resolvi e com o Broto fui falar, e o que ele me Disse deu voltade de chorar: 


– Lacinhos cor de rosa ficam bem só na cabeça, se quiser me conquistar... Você cresça e apareça! 


Um sapatinho eu vou, com laços cor de Rosa enfeitar


E perto dele eu vou andar devagarinho e o Broto consquistar! 


Andar devagarinho e o Broto conquistar...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O PARAÍSO EXISTE. JARDIM LAMBRETA - COTIA - SP

Faz muito tempo, eu tinha escutado uma história, não lembro onde, que existia um bairro chamado Jd. Lambretta. Nao dei bola. Passado um tempo, resolvi investigar se o tal bairro existia. Por onde começar? Correios. Uma busca rápida e olha o que aparece: 5 ruas pertencentes ao Jd. Lambreta, em Cotia, Grande SP.


E agora? Google Maps. Essa bolota verde, são as 5 ruas que aparecem no site do Correios.


Indo pelo Steet View, olha a placa. Ele existe: Jd. Lambretta.

 


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

DOMINGO NO PARQUE DA LUZ – 4/11/2012

Fazia um tempo que não apareciam umas Lambrettas no tradicional encontro do Parque da Luz, que acontece todo 1º domingo do mês. Praticamente uma viagem por todos os modelos que passaram por aqui. Primeiro uma Standard preta, uma LD verde, uma Mini-Saia amarela e uma tradicional LI azul. Faltou apenas uma Cynthia...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

III RADUNO DA PRIMAVERA - 2012


No dia 11/11/12, acontece o III Raduno da Primavera. Este ano teremos algumas novidades: a concentração do evento será às 9h da manhã do Posto Frango Assado do início da Rodovia dos Imigrantes (final da Av. Ricardo Jaffet). A concentração em Santos será no Canal 1, no Emissário Submarino. Dali subiremos o Morro da Asa Delta, até o restaurante Ao Mirante, de onde desfrutaremos da bela vista praiana. Para dúvidas entrem em contado com a Scooteria Paulista (Marcio Fidelis e Gustavo Delacorte). Como sempre, o evento é fechado para scooters clássicas (Vespa, Lambretta, Bajaj, Iso, Cezetta, Rabit, Moskito...). A arte do cartaz é do Leo Russo.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

LINEU DE LAMBRETTA LD - A GRANDE FAMÍLIA

No episódio de A Grade Família do dia 25/10/12, Feitiço na Rua, uma lua cheia vai inspirar antigos e novos casais. O luar em formato de pizza, um fenômeno raro que acontece de tempos em tempos, surge após décadas desde sua última aparição. Lineu sonhava em montar numa moto com Nenê e juntos irem rumo ao sul da Bahia para ver a lua. Os planos não deram certo, e Lineu tem uma nova chance. E desta vez a bordo de uma bela Lambretta LD.






segunda-feira, 29 de outubro de 2012

POSTER LAMBRETTA - ABRIL DE 1961

Encontrar coisas bacanas para o blog demora. Leva tempo e $$$. Mas as vezes aparecem coisas impressionantes. Veja o poster, de abril de 1961. Tiragem de 100.000 exemplares. Uma verdadeira relíquia de mais de 50 anos! Esse poster é do mesmo ano da minha Lambretta LI.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

CHAVEIRO PARA A LAMBRETTA BY RELÓGIOS LAMBRETTA

Sempre acompanho as notícias da Relógios Lambretta, e no mês passado, acabei participando de um concurso pelo Facebook e ganhei! O brinde foi este chaveiro. Lógico que vou colocar as chaves da Lambretta.